Red Hot Chili Peppers


Preciso de ajuda para aproveitar estas meninas que a minha santa sogra me deu. Podia ir ao Google ou utilizar as dicas que fui ouvindo ao longo da vida, mas prefiro a vossa ajuda.

Durante anos o meu pai fazia o nosso piri-piri, qual alquimista. Nunca era igual, sendo certo que era sempre bom.

Tendo aprendido muito do que sei de cozinha com ele, a cozinhar e a comer com ele, nunca tive coragem de me abalançar ao piri-piri. Quase como se fosse preciso uma pós-graduação de “muitos anos a virar frangos” para destilar tal precioso elixir.

Hoje, quando recebi o saquinho das malaguetas, lembrei-me dele com saudade e pensei que seria uma óptima oportunidade para aprender receitas de piri-piri caseiro, testadas e comprovadas por gerações e famílias inteiras. Portuguesas e não só!

Conto convosco! Obrigado!

15 Respostas

  1. É isso mesmo, Scalabis! Faz um bom gindungo! Aqui eles juntam azeite, cebola picadinha,alho e o gindungo aos pedaços. Tudo num almorafiz e é esmagar os ditos por algum tempo. Esses até fazem lembrar o gindungo daqui pois são pequenitos (os daqui são desse tamanho mas mais arrendondados). Mas confesso que também nunca me aventurei… nada como umas mãos 100% angolanas para fazer o gindungo! :o)

  2. A minha avó alentejana apenas punha as malaguetas em azeite.
    Quando era pequena, tinha a mania de lhe comer as flores do jardim, (naquela altura não se falava como agora em flores comestiveis), até que um dia trinquei uma malagueta, foi remédio santo!
    Todos os anos o meu tio me manda do Alentejo um vaso com um pé de malaguetas, no final eu apenas as deixo secar para depois usar.
    Bom fds

  3. Eu faço como a avó da Marizé: ponho as malaguetas em azeite e pronto.
    Às vezes junto também casca de limão aos quadradinhos.

  4. Sugestão açoriana: as malaguetas trituradas, depois misturadas com sal grosso e azeite. Há quem retire as sementes, eu pessoalmente, acho um desperdício…adoro picante!

  5. Ao revolver as minhas muitas revistas encontrei uma receita que poderá ajudar.

    Cá vai:

    1 punhado de malaguetas frescas
    1 cabeça de alhos
    2 c sopa de sal
    0,3 dl de whisky
    3 dl de óleo (eu acho que usava azeite extra virgem)

    Lave as malaguetas, ( dah!!! óbvio!!!), retire o pedúnculo e enxugue em papel absorvente, deite na picadora ou no copo da varinha mágica.
    Separe os dentes de alho, emborrache-os e tire-lhes a pele, junte ás malaguetas, adicione o sal, o whisky e o óleo, triture tudo até estar em pasta.

    Coloque em frasco de boca larga com tampa de mola ou rosca, reserve no frigorífico.
    Agite antes de usar.

    Espero ter sido útil, Até!

  6. Quando faço, passo malaguetas, alho, sal e pimenta no almofariz. Normalmente junto banha de porco, azeite, whisky e gin e guardo no frigorífico.

  7. Olá,
    Cheguei ao teu blog por acaso. Ao ler a mensagem das malaguetas, não consegui conter uma certa nostalgia, do que me irá acontecer num futuro, pois é o meu pai que actualmente faz o piripiri para a família, aqui fica a receita dele:
    Retira o pé e lava as malaguetas. Parte-as ao meio e tritura-as com um bocadinho de azeite. Põe esta pasta numa garrafinha de vidro e enche com azeite. Normalmente a mistura das malaguetas fica 1/3 da garrafa.

  8. Sempre vi na minha terra fazerem piri-piri so com malaguetas e azeite, enche se um frasco de azeite, daqueles que se compram com grão ou feijão, e vai se ponde malaguetas ate umas 20m ou 30 , deixa se repousar, ah retalhem algumas malaguetas para as sementes darem o seu picante ao produto (PIRI PIRI). É so deixar 3 meses e ir utilizando e ir metendo sempre azeite e malaguetas, têm pirir piri para o resto da vida.
    Eu faço sempre aLGUNS MUITOS FRASCOS PORQUE OFEREÇO E TENHO MUITAS PLANTAS DE PIRI PIRIS É UMA RECEITA DOS FOROS DE SALVATERRA , PORTUGAL. RESULTA . CUMPRIMENTOS. TUDO SOBRE AGRICULTURA JARDINaGEM , HORTAS CASEIRAS, PODEM PERGUNTAR EU TENTO AJUDAR . E ESPERO QUE O BLOG TAMBEM…

    • só um reparo, não são as sementes que dão o sabor picante , é a menbrana que agarra as sementes que lhe dá tal sabor.

  9. Querem Piripiri, Gindungo, o que quiserem chamar ao bom Picante ? Simples um punhado de malaguetas (se forem Angolanas melhor), em meio litro de azeite 35 centilitros de Whisky. Passados uns dias temos piripiri para vários meses. É fogo! ao qual ainda poderá acrescentar periodicamente algum azeite.

  10. gindungo do meu pai

    piripiri scotsh alho louro …e aguardar uns dias! é melhor que o paú de cabinda ahahah ;))

  11. Meus caros não pode ser com azeite. Se querem reservar durante muito tempo o picante não podem usar azeite pois este passado algum tempo poderá rançar. O mais correcto e é como eu faço é usar wishky ou óleo

  12. Hello, I read your blogs daily. Your humoristic style is awesome,
    keep it up!

  13. Eu junto aos piripiris, algumas cascas de limão, 1 pau de canela, 1/2 nozmoscada, umas fatias finas de gengibre e pimenta preta em grão. Coloco num recipiente com whisky, de forma a cobrir todos os ingredientes. Como o alcool é conservante, pode ficar assim o tempo que se quiser. Para usar, retiro um bocadinho para um frasco pequeno, encho com o preparado cerca de 2/3, e acabo de encher com azeite. Assim, a “reserva envelhecida” não rança nunca. Simplesmente delicioso!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: