Sargo com ervas em papelote


Este fim-de-semana guardei uma das manhãs para uma agradável pescaria com o meu cunhado. Ele que é um excelente pescador fez o favor de aturar por umas horas as minhas perguntas imbecis e a falta de jeito inata para a coisa. De qualquer modo são umas horas muito bem passadas em contacto com o mar e a natureza.

Fomos para a zona da Foz do Arelho e o dia estava muito bonito. Embora a pescaria não tenha sido das melhores ainda trouxe meia dúzia de sargos para casa, dois dos quais tiveram a minha desajeitada e histérica participação na captura.

No caminho pus-me a magicar como deveria cozinhar os dois maiores. Queria fugir à grelha que é o destino mais comum dos pobres peixinhos.

Iriam para o forno e para aproveitar e potenciar a frescura decidi envolvê-los em sal, rodelas finas de cebola, pimenta moída, alecrim, salsa e uma pitada de gengibre em pó. Reguei com um fio de azeite. Embrulhei em papelote.

Deixei no forno durante 20/25 minutos. O peixe ficou muito saboroso pois absorveu os aromas das ervas e manteve-se suculento e fresco. Foi uma boa ideia.

Acompanhei com um vinho rosé Regional Ribatejano, o Globus de 2003 do Casal Branco. Cor bonita, com a acidez perfeita para deixar o peixe brilhar.

Bom apetite. Experimente e comente!

7 Respostas

  1. Nada melhor do que um peixinho acabado de pescar. Os papelotes são de facto uma excelente alternativa ao grelhado, muito saboroso e com a vantagem de não deixar cheiros menos agradáveis na cozinha.

    Gostei da sugestão do rosé. Até há 3 semanas a minha relação com este tipo de vinho era de desconfiança, mas uns amigos ofereceram-me um rosé alentejano de que gostei muito. Tenho que provar este ribatejano.

  2. O cheirinho desse peixe fresco com as ervas e o gengibre quase chega até aqui… e olha que não sou fã de cozinhar em papelotes.
    De certeza que o rosé foi um excelente companheiro!

  3. dEVE TER FICADO MUITO BOM. tB GOSTO MUITO DE PEIXE EM PAPELOTE

  4. Que delícia! Adoro olhar para o peixe fresquinho e imaginar o aroma e o sabor… Realmente esse no papelote com as ervinhas deve ter ficado bem aromático! Ah, e o vinho? Que refeição dos deuses!

    Beijos e boa semana!

  5. o sargo tem um aspecto divinal e ainda por cima foi pescado na zona da Foz do Arelho, que é uma zona do nosso país que eu adoro. parabéns.

  6. Ai que eu gosto tanto de sargo, só tenho o prazer de o saborear no Verão quando estou no Alentejo.

    Até me aventuraria a pescar só para ter sargo fresco!!!

    Que belo ensaio esse da ervinhas e papelote.

    Beijocas

  7. Scalabis, belo peixe e belo vinho apesar de não constar da belíssima lista que voce me mandou. Por enquanto, consegui achar apenas um por aqui ( o Quinta da Cortezia que comprarei neste final de semana). Ah ! Estou postando hoje sobre a noite do Cozinha Turca e estou te citando nominalmente. Não tem problema, né ?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: