Bacalhau à Mãe


Durante a minha infância e adolescência, haviam duas receitas de bacalhau que eram frequentes e bastante apreciadas por mim e pela minha irmã.

Uma era feita pelo meu pai. Cresci a vê-lo cozinhar, o que, em grande parte, contribuiu para a paixão que tenho pelos tachos.

Outra era feita pela minha mãe, e por isso, baptizei-os, na altura, de acordo com o autor.

Esta receita de “bacalhau à mãe” faz parte do meu legado gastronómico familiar e das minhas memórias de sempre.

Desta vez com uma ligeira “nuance”, na courgette e no feijão, mas sem desvirtuar o resultado final.

Num tacho grande ponho a cozer batatas, cenouras e ovos, tendo o cuidado de não deixar cozer em demasia.

Noutro tacho, coloco as postas de bacalhau em leite, e deixo ao lume até levantar fervura. Apago o lume, abafo com um pano e deixo arrefecer um pouco.

Na frigideira faço um refogado muito ligeiro com cebola em rodelas finas, alho laminado e courgette com um pouco de  azeite.

Num pyrex, coloco a cebolada no fundo, o bacalhau em lascas. A cenoura em rodelas, meia lata de feijão branco, azeitonas pretas, a batata em rodelas finas e por fim os ovos.

Faço um molho branco com o leite que cozeu o bacalhau, farinha Maizena, noz moscada, manteiga. Rectifico de sal e pimenta e cubro as camadas de legumes e bacalhau com o molho.

Adiciono um pouco de queijo ralado por cima e levo a gratinar no forno.

Neste caso servi com bróculos cozidos no vapor, mas vai muito bem com qualquer tipo de salada.

Acompanhei com um Adega de Pegões branco de que já falei aqui e que funcionou muito bem.

Bom apetite! Experimentem e comentem!

7 Respostas

  1. As comidinhas que fazem parte das nossas memórias sabem tão bem.

    Esse bacalhau tem aspecto de delicioso, não te esqueças de transmitir esses conhecimentos aos filhotes.

    Beijocas

  2. O que eu não daria para comer um bacalhau assim para o jantar…! É pena que não haja tempo para demolhar o bicho. Mas vou guardar a receita para a próxima.🙂

  3. Muito bom aspecto, sim senhor!

  4. Não ha nada melhor que a comidinha da mãe;)
    Este bacalhau esta com mt bom aspecto. Assim que experimentar deixo notícias.
    Bjokas
    Ana

  5. Este bacalhau deve ser melhor que bom!
    Ainda mais, uma receita da mãe, o que só a torna ainda mais especial.
    Também foi o ver o meu avô de volta dos tachos e a provar as coisas maravilhosas que de lá saíam, que me lançou o feitiço da cozinha…
    Beijo.

  6. Divino. Aliás, tudo o ke vem das Mães é uma delicia!!!

  7. Bacalhau e feijão branco? Nunca misturei estes dois alimentos mas não me parece nada mal, não senhor.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: