Sopa de Inverno


No Inverno aproveito para fazer e comer aquelas sopas fortes e retemperadoras. Esta é um concentrado de legumes, fibras e um pouco de “essência de colesterol”.

Tenho dificuldade em fazer comida 100% saudável. Preciso daquele sentimento de transgressão que só um naco de toucinho, um cigarro fumado no Metro, ou um enorme balão de conhaque nos empresta. Preciso de ouvir da comida,  “Deixa a tristeza pra lá, vem comer, me jantar…”

Usei:

– um pouco de toucinho de porco preto, uma linguiça, algumas fatias de bacon, vinho branco

– alho francês, cebola, alho, cenoura, nabo, pimentos, batata, couve lombarda, concentrado de tomate, massa de pimentão e poejos.

Numa panela cozi parte das batatas, cebola, cenoura, alho francês. Juntei metade de uma lata de feijão manteiga e reduzi a puré com a varinha mágica.

Na outra fiz um refogado rápido com alho francês, alho e cebola e as “carnes”. Juntei os demais ingredientes em cubos para “beberem” dos sucos do refogado e apurarem os sabores. Reguei com um pouco de vinho branco e um pouco de concentrado de tomate em bisnaga. Juntei a couve. Esperei uns minutos e adicionei o puré.

Antes de servir adicionei uma colher de sobremesa bem cheia de massa de pimentão. No prato cobri com poejos picados.

Deliciosa e nutritiva. Uma refeição completa.

Bom apetite. Experimente e comente!

10 Respostas

  1. Isto não é uma sopa, é um «pecado» dentro de um prato…
    Só 1 pratinho dela é um jantar reconfortante!
    Beijo.

  2. k sopa maravilhosa….mnaravilha mesmo…….eu tb gosto de fazer sopinhas assim para a dieta :o)…bjokas

  3. “Concentrado de colesterol”, he, he, he… Gostei!

    No Inverno também me delicio com sopas assim, ao fim de semana encosto o pucaro de barro ao lume da lareira e deixo cozer lentamente, carne, feijão, o que me der na gana… e depois é degustar de uma comidinha que faz lembrar a avó.

    Beijocas

  4. uhmmm.
    tb gosto da essencia (de colesterol) ;))

  5. O meu problema é que estou sempre em transgressão…! Adoro este tipo de sopas consistentes que são uma verdadeira refeição.

    bjs e Bom Ano

  6. quero lá saber que a sopa tenha uma pitada de “pecado”, eu já comia um belo prato agora ao almoço. tenho saudades de uma sopa dessas.

  7. Nada como uma sopa quentinha para reconfortar a alma!
    E a “essência” de colesterol só ajuda a melhorar o seu sabor.

  8. Essa ‘essência de colesterol’ não se vende em frascos, não??😛 hehehe

    A minha ‘comfort food’ é sopa e de cada vez que vejo estas receitas fico mais certa de que sem sopinha – sobretudo de inverno – andaria muito desconsolada.

    Bj

  9. Até já estou a sentir o sabor. O meu paizão costuma fazer uma sopa muito parecida, só que põe a cozer juntamente com a sopa o tal “chouriço da perdição”. Delicioso…
    Bjs

  10. Taí, gostei muito da “essência de colesterol” e da música ” deixa atristeza pra lá …”. Poesia politicamente incorreta e deliciosa ! Grande Scalabis !

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: