Lasanha de bacalhau “sem stress”


Há uma nova revista de culinária no mercado. A “Cozinhar sem Stress”.

Boas fotos, receitas agradáveis, dicas variadas, um formato de bolso e um preço simpático. O nome não me parece particularmente feliz. É que para mim cozinhar é precisamente o melhor antídoto para o stress.

Isto para dizer que me inspirei numa receita de lasanha de camarão com legumes que vinha na revista, só que usei umas deliciosas postas de bacalhau em vez do camarão.

Num tacho grande coloquei leite frio e juntei as postas de bacalhau. Acendi o lume e quando o o leite levantou fervura, tapei o tacho e envolvi com um pano grosso para acabar de cozer o bacalhau.Deste modo o bacalhau fica suculento e a carne solta-se em lascas.

Reservei o leite para mais tarde fazer o molho béchamel.

Parti duas courgettes em rodelas e fritei em azeite.

Fritei também, ligeiramente, tomate em rodelas.

Fiz uma cebolada ligeira com alguns alhos laminados e juntei-lhe as lascas de bacalhau.

Fiz o molho béchamel com o leite de cozer o bacalhau, farinha Maizena, uma noz de manteiga, noz-moscada, sal e pimenta.

Usei placas de lasanha fresca. Cobri o fundo do tabuleiro com um pouco de molho e fui colocando alternadamente com as placas de lasanha a cebolada de bacalhau, o tomate, a courgette e de novo o restante bacalhau. Reguei com o restante molho e cobri com queijo ralado.

Levei ao forno aproximadamente 25 minutos conforme as instruções da embalagem de lasanha.

Retirei e servi com uma salada de agrião.

Harmonizei com um vinho tinto alentejano, o Comenda Grande de 2005 que me surpreendeu bastante. Gostei muito e recomendo.

Bom apetite! Experimente e comente!

9 Respostas

  1. Para mim também, cozinhar é um prazer. Gostei desta variação de lasanha e or levar abobrinhas ficou bem diferente.

  2. Com stress ou sem ele, o que eu sei é que adorei esta lasanha…
    Os legumes assim fritos despertaram completamente a minha curiosidade.
    Acho que sentar à mesa e apreciar esta lasanha em boa companhia, era capaz de me tirar o stress todinho.
    Beijos.

  3. Também concordo contigo…cozinhar é um antídoto contra o stress. Para mim stressar e cozinhar são antónimos!

    Quanto à receita, gostei, mas optaria por grelhar as courgetes e os tomates…é que a balança anda de mal comigo!

    bjs

  4. O meu anti stress é fazer massa fresca, logo esta lasanha é uma boa desculpa.
    Ficou um regalo para os olhos, imagino então para o palato!

    Beijocas

  5. O velho e bom Scalabis de volta , sem stress, com bacalhau e vinho bom. Perfeito !
    PS – Recebeu o e-mail de volta ?

  6. Bela Lasanha!! Adorei a ideia das rodelas de tomate!

  7. São 12:00, mesmo na hora de almoçar por estas bandas. Hoje, como é o meu último dia, vou ali á cantina coreana fazer a despedida… “Deliciar-me” com um arroz com sabor a nuvem e uns legumezitos que eles costumam ter… Porque já se sabe que carne eu não como lá, no way… Ou seja, vou ficar aqui a olhar para estas fotos, antes de descer, para que todos os grãos de arroz com sabor a nuvem, me saibam a esta maravilhosa lasanha! Ai se eles soubessem que isto existe…. Lol

    Beijos

  8. Tenho de ver essa revista. Quanto à lasanha, estou capaz de experimentar e eu nem morro por bacalhau . Para além de que ficou linda!

    Bj

  9. esta receita está verdadeiramente bem pensada,vou ter que tentar a aventura, com bacalhau é para mim !
    bjka

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: