Confort food ou feijoada à minha maneira!?


Este fim de semana passado foi desconsolado. Frio, chuva, o Sporting fraquinho, fraquinho ,enfim. Na 2ª feira à tarde, enquanto espreitava o Carnaval do Rio no Youtube para ver se aquecia a alma, decidi-me.

Um convite à família, uma manhã passada na cozinha quente e aconchegante, beberricando umas coisas enquanto cozinho. A manhã perfeita.

A comida? Quente, aconchegante, colorida, retemperadora. Uma bela duma feijoada!

Feijoada

Corri para o talho e comprei um chispe de porco, um porco de entremeada e entrecosto. Um chouriço, um negro e uma farinheira de Almeirim. Meia cabeça de porco fumada. Umas salsichas brasileiras para os putos que não gostam de gordura, ainda!

Feijoada

Comprados no mercado, nas bancas biológicas de sábado, umas maravilhosas cenouras com rama, uns mini-nabos, couve portuguesa e couve lombarda. O feijão é da Compal, branco, duas latas.

Salguei os ossos e a carne de porco de véspera e demolhei a cabeça de porco. No dia seguinte levei a cozinhar em água com hortelã em lume brando por umas horas até estar tenra e a despegar-se dos ossos. Parti a a cabeça de porco fumada em pedaços e cozi-a com o chouriço e o negro. Cozi a farinheira à parte.

Feijoada

Depois de cozidas as carnes e os enchidos, cortei-as em pedaços e reservei.

Fiz um refogado com azeite, banha, cebola e alho, vinho branco. Juntei as salsichas para fritarem um pouco antes dum pouco de polpa de tomate para dar cor.

Feijoada

Juntei as carnes e os enchidos e um pouco da água de cozer as carnes. As cenouras e os nabos. O feijão branco. Envolvi com cuidado.

feijoada

Deixei apurar um pouco. De seguida juntei as folhas de couve ripadas à mão. Gosto de as sentir crocantes e coloridas. Como são biológicas e tenras basta um pouco para ficarem no ponto. Envolvo tudo com cuidado e dcoro com parte dos enchidos fatiados para levar à mesa. Acompanho com um arroz basmati cozido.

Feijoada

Harmonizei com um vinho chileno muito agradável. O Casillero del Diablo. Nome sugestivo para um Cabernet Sauvignon de 2007. Com as caractrísticas da casta bem trabalhadas, revelou-se um bom complemento para a rica feijoada.

Um remédio para a alma em forma de essência de colesterol! Pecar é tão bom!

Bom apetite! Experimente e comente!

3 Respostas

  1. Caro

    Ainda bem que regressa com novos e tentadores post’ s. Gostei dessa feijoada de Carnaval.

  2. Obrigado Cupido. Espero continuar!

  3. Carnaval que se preze, pede uma bela feijoada como esta, dizia a minha mãe… e com este frio e chuva eu apoio a 100%.
    Ainda bem que voltaste!
    Beijinhos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: